Jornal Tijucas - Ex-Santos, Diogo Vitor diz que já recebeu “várias” propostas

Ex-Santos, Diogo Vitor diz que já recebeu “várias” propostas

Esportes -

Diogo Vitor tenta recomeçar

Livre no mercado após a rescisão por justa causa no Santos em março, Diogo Vitor disse à Gazeta Esportiva que já recebeu propostas para retomar a carreira.

“Várias, estrangeiras e brasileiras”, afirmou o meia-atacante de 23 anos, sem dar mais detalhes: “Nada encaminhado”.

O Peixe entende que fez tudo que podia e cansou da indisciplina de Diogo – o jogador pediu liberação em dezembro para ver o filho nascer e não se reapresentou até março. Faltou sem justificativa e não cumpriu prazos combinados com o diretor de futebol William Thomas.

Baqueado, Diogo Vitor tenta recomeçar. O jovem conta com os mesmos empresários para buscar um novo clube, mas o histórico e a quarentena em meio ao novo coronavírus dificultam negociações no momento.

Pessoas próximas a Diogo apontam o arrependimento e o discurso de começar de novo. Há, porém, o temor pela falta de ambição e a preocupação com o lado financeiro – ele recebia apenas uma ajuda de custo. O Santos tinha coparticipação na recuperação do atleta de acordo com as normas da CLT e da Justiça do Trabalho após a suspensão em exame antidoping pelo uso de cocaína.

 

“Não foi falta de aviso. Ele procurou, foi indisciplinado. Agora vai pagar por essa postura. Ele não deu valor para nada”, disse Willian Barile, um dos representantes de Diogo Vitor, em entrevista recente à reportagem.

Diogo segue em Minas Gerais com a namorada e o filho e não quis conversar com a Gazeta sobre a decisão do Peixe e nem sobre os motivos para os erros recentes.

Diogo Vitor foi suspenso ainda no Campeonato Paulista de 2018 e esteve um ano e meio afastado por doping. Desde o retorno, em novembro, o Menino da Vila alternou momentos de extrema dedicação, com perda rápida de peso, e de total indisciplina, como nos últimos meses.

Diogo tinha contrato com o Santos até 16 de fevereiro de 2021 e sempre foi visto nas categorias de base como futuro craque.


Fonte: Com Agências