Jornal Tijucas - Reclamações sobre preços abusivos crescem 726%, aponta Procon

Reclamações sobre preços abusivos crescem 726%, aponta Procon

Negócios -

O número de reclamações devido ao preço abusivo dos produtos com a pandemia do coronavírus cresceu 726% no Procon-SP. Segundo o órgão, até agora as reclamações somam 3.254 casos. 

Destas, a maior parte, 58% refere-se a preços abusivos de álcool em gel e outros itens. 

O Procon-SP informou que está fiscalizando estabelecimentos no estado de São Paulo a fim de averiguar a prática – de 16 de março a 9 de abril, equipes percorreram 1.147 farmácias, supermercados, hipermercados etc de 107 cidades. 

Desse total, 888 (77% do total) foram notificados a apresentar notas fiscais de venda ao consumidor final e de compra junto aos seus fornecedores de álcool em gel e máscaras, no período de janeiro a março, para comparação e assim verificação de eventual aumento abusivo sem justa causa.

O consumidor que se deparar com algum valor de produtos ou serviços relacionados ao coronavírus que considere abusivo pode enviar sua reclamação pelo aplicativo do Procon ou via redes sociais, marcando @proconsp, indicando o endereço ou site do estabelecimento.


Fonte: Com Agências