Jornal Tijucas - Em quarentena, homem constrói academia dos Flintstones no jardim

Em quarentena, homem constrói academia dos Flintstones no jardim

Últimas notícias -

“Então minha academia fechou. Peguei uma serra elétrica e fui trabalhar e construí o que estou chamando de ‘Lumber Jacked Gym’, em cerca de 60 horas, ao longo de duas semanas. Consegui satisfazer minha vontade de malhar. Espero que você goste!”, escreveu Zachary Skidmore na legenda do vídeo que compartilhou com seus seguidores no Facebook.

Americano Zachary Skidmore construiu academia em 60 horas aproveitando árvore caída  – Foto: Reprodução/Facebook

As imagens mostram Skidmore treinando no que parece ser uma academia da idade da pedra, digna dos Flintstones. Quando se viu privado de frequentar academia, em vez de se contentar com uns pesinhos, Skidmore decidiu construir uma academia no quintal, reproduzindo os equipamentos para um treino completo, tudo feito de madeira.

Em um vídeo então gravado na propriedade de sua família em Jackson, a apenas 50 quilômetros a oeste da fronteira com a Virgínia Ocidental, Skidmore pode ser visto demonstrando suas habilidades de condicionamento físico e carpintaria, ao som da versão remixada de Rihanna de “Run This Town”.

“Quando soube que minha academia ia fechar, eu sabia que tinha que encontrar uma maneira de continuar treinando”, disse o policial militar do Exército dos EUA à Fox News.

Em sua busca interminável por músculos, Skidmore disse que originalmente considerava fazer uma rotina de exercícios com peso corporal, mas a ideia da Lumber Jacked Gym surgiu quando ele notou uma árvore caída na terra de sua família.

“Depois que subi no banco, fiz alguns halteres para uma sensação mais real na academia”, disse ele. “E naquele momento eu percebi que tinha tempo devido ao adiamento do trabalho por causa do Covid-19. Então, por que não continuar?”

60 horas de projeto e montagem da academia

De acordo com Skidmore, ele passou 60 horas em um período de duas semanas para projetar e construir a academia, que inclui uma máquina de remo, prensa no peito e uma estação de cabo de polia.

“Na maioria das vezes eu estava apenas inventando o equipamento”, disse ele. “Entre a engenharia e o planejamento de como executar peças, eu estava indo o mais rápido que pude, porque queria voltar à minha rotina normal de exercícios.”

Assim, seus seguidores nas mídias sociais elogiaram sua desenvoltura, referindo-se a ele como “Super-Homem” e “o fisiculturista Flintstone”.

Alguém então brincou dizendo que Skidmore poderia criar uma marca popular de academia: “CrossFit do Apocalypse”.


Fonte: Com Agências