Jornal Tijucas - Liberação do FGTS em função do coronavírus: quem tem direito e como consultar o saldo

Liberação do FGTS em função do coronavírus: quem tem direito e como consultar o saldo

Últimas notícias -

MP libera valor de contas ativas e inativas para o trabalhador que tem valores recolhidos no fundo 

fgts
Caixa ainda não divulgou o cronograma
(Foto: Tomaz Silva/Agência Brasil)

Trabalhadores com contas ativas ou inativas do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) poderão sacar até R$ 1.045 a partir de 15 de junho. A Medida Provisória que autoriza a transação foi publicada nesta terça-feira (7), com o objetivo de fazer o dinheiro circular e movimentar a economia, que tem sofrido com a pandemia de coronavírus.

?> Em site especial, saiba mais sobre o coronavírus?

Os valores serão liberados pela Caixa Econômica Federal, que ainda não divulgou um cronograma de como funcionará o atendimento. O limite do saque é por trabalhador, e não por conta. Quem tiver mais de uma conta, de empregos anteriores, terá o valor retirado da mais antiga, por exemplo.

O dinheiro ficará disponível para saque de 15 de junho a 31 de dezembro de 2020. Será permitido o crédito automático para conta poupança de titularidade do trabalhador, previamente aberta no banco, ou o crédito em conta bancária de qualquer instituição financeira, com transferência gratuita.

Quem possui conta na Caixa mas não quer mexer no FGTS nesse momento, poderá solicitar até o dia 30 de agosto o desfazimento do crédito, em caso de crédito automático. A MP segue agora para aprovação no Congresso.

Para consultar o saldo do Fundo de Garantia, o trabalhador pode utilizar um aplicativo de celular ou pelo site.

Consulta ao saldo do FGTS

O saldo do FGTS pode ser consultado no site da Caixa. Lá, o trabalhador precisa fazer um cadastro, onde irá acessar todas as contas vinculadas ao seu CPF. Pelo celular, o acesso pode ser pelo app Caixa FGTS, disponível para Android ou iOS nas lojas de aplicativos.

* Com informações da Agência Brasil


Fonte: Com Agências