Jornal Tijucas - Para assumir Ministério, Osmar Terra apunhala Mandetta

Para assumir Ministério, Osmar Terra apunhala Mandetta

Últimas notícias -

ParaassumirMinistrioOsmarTerraapunhalaMandetta.png

O deputado federal Osmar Terra (MDB-RS), notório terraplanista da saúde e um dos principais conselheiros do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), reforçou sua visão contrária às recomendações da Organização Mundial de Saúde (OMS) no combate ao coronavírus.

Terra, que é médico e ex-ministro da Cidadania do governo Bolsonaro, participou de uma live organizada pela corretora Necton na última terça-feira (07/IV).

“Que história é essa de que tem que seguir cegamente a orientação? Cada país tem que decidir conforme a sua realidade sanitária”, declarou.

O deputado, que é cotado para substituir o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta (DEM-MS), na pasta usou o espaço para defender posições apoiadas pelo presidente, como o fim da quarentena e o uso do remédio cloriquina no tratamento de todos os pacientes que contraírem a Covid-19.

Na conversa, segundo a revista Veja, Terra afirmou que considera Mandetta um “bom ministro”, mas disse estar alinhado com as visões de Bolsonaro. “Não acho [o Mandetta] ruim, mas ele tem que ter sintonia com o presidente. Ministro é um cargo de confiança do presidente. Os dois têm que acertar o discurso”, afirmou. Em seguida, Terra tratou sobre a crise econômica que irá afetar o país e disse que “quem vai matar o Brasil não é o coronavírus, mas a quarentena”.


Fonte: Com Agências