Jornal Tijucas - Poderes se unem e determinam cortes e revisões num momento onde todos tem sua parcela de sacrifício.

Poderes se unem e determinam cortes e revisões num momento onde todos tem sua parcela de sacrifício.

Últimas notícias -

Decisão tomada pelos chefes dos Poderes Legislativo e Judiciário, do Ministério Público e do Tribunal de Contas do Estado de Santa Catarina. Em nota oficial eles determinaram em comum acordo várias medidas por conta das consequências e danos provocados pelo coronavírus. Entre essas medidas estão o congelamento dos proventos e subsídios dos seus servidores e agentes políticos até dezembro de 2020, como também a suspensão do pagamento de horas extras, licenças-prêmio, indenizações, férias indenizadas e de novas vantagens ou bonificações pessoais. Foram suspensas temporariamente as promoções funcionais, viagens a serviço e o consequente pagamento de diárias, ressalvadas aquelas que se mostrarem imprescindíveis ao atendimento do serviço. Outra medida foi a de contingenciar em 50%, pelo prazo de 60 dias, a verba de gabinete, sendo que essa medida poderá ser prorrogado. Não deixa de ser uma atitude sintonizada com o momento onde todos somos vítimas de um vírus que nos impôs mudanças drásticas de comportamento e sobrevivência. Agora resta esperar um gesto nesse sentido do governo do Estado.


Fonte: Com Agências