Jornal Tijucas - #COVID19: Ministério da Saúde confirma 553 mortes e 12.056 casos de coronavírus no Brasil

#COVID19: Ministério da Saúde confirma 553 mortes e 12.056 casos de coronavírus no Brasil

Últimas notícias -

 

Na tarde desta segunda-feira (6), o Ministério da Saúde confirmou 553 mortes e 12.056 casos do novo coronavírus no Brasil. A Organização Mundial da Saúde (OMS) diz que o sintomas mais comuns são: febre, tosse e dificuldade de respirar. De acordo com a entidade, alguns pacientes podem ter dores pelo corpo, congestão nasal, coriza, dor de garganta ou diarreia. Esses sintomas, geralmente, são leves e evoluem gradualmente.

O último balanço do Ministério da Saúde, divulgado neste domingo (5), apontava 486 mortes e 11.130 casos confirmados de coronavírus no Brasil. Portanto, em apenas 24h foram registradas 67 mortes a mais. Apenas o Acre ainda não registrou morte por conta da Covid-19. Taxa de letalidade está em 4,6%.

Como o coronavírus é transmitido?

  • O toque do aperto de mão é a principal forma de contágio
  • Gotículas de saliva
  • Espirro
  • Tosse
  • Catarro
  • Objetos ou superfícies contaminadas como celulares, mesas, maçanetas, brinquedos e teclados de computador etc.

Como se proteger:

  • Lave com frequência as mãos até a altura dos punhos, com água e sabão ou então higienize com álcool em gel 70%.
  • Ao tossir ou espirrar, cubra nariz e boca com lenço ou com o braço, e não com as mãos.
  • Evite tocar olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas. Ao tocar, lave sempre as mãos como já indicado.
  • Mantenha uma distância mínima cerca de 2 metros de qualquer pessoa tossindo ou espirrando.
  • Evite abraços, beijos e apertos de mãos. Adote uma onda amigável sem contato físico, mas sempre com sorriso no rosto.
  • Higienize com frequência o celular e brinquedos das crianças.
  • Não compartilhe objetos de uso pessoal, como talheres, toalhas, pratos e copos.
  • Evite aglomerações e mantenha os ambientes limpos e bem ventilados.
  • Se estiver doente, evite contato físico com outras pessoas, principalmente, idosos e doentes crônicos e fique em casa até melhorar.
  • Durma bem, tenha uma alimentação saudável e faça atividade física.

Fonte: Com Agências