Jornal Tijucas - Avaí e Figueirense e a saúde financeira em tempos de bola parada

Avaí e Figueirense e a saúde financeira em tempos de bola parada

Últimas notícias -

Sem data prevista para o retorno nos gramados, Avaí e Figueirense, até aqui, conseguiram saldar as suas obrigações financeiras dentro da normalidade.

“O problema passa a ser daqui em diante”, foi o que me disse ontem um conhecido empresário da cidade com bom trânsito entre as diretorias da dupla da capital.

É uma situação que não deve ser diferente da maioria dos clubes brasileiros, alguns em menores ou maiores desafios.  Sem trabalho e sem previsão de volta da bola rolando nos gramados, e com o elenco em férias antecipadas, o futebol começa a viver aquela situação de “estrangulamento” ondem as partes terão que ceder para manter os clubes em pé.

Na verdade, era uma situação para lá de previsível, só que os dias foram passando, a quarentena se ampliando e a luz no final do túnel em termos do retorno das atividades do calendário até agora não surgiu. Desta data em diante, o olhar dos dirigentes para os seus clubes passa a ter as tintas do drama e a da agonia.


 


Fonte: Com Agências