Jornal Tijucas - Weintraub diz que post contra China foi “brincadeira leve”

Weintraub diz que post contra China foi “brincadeira leve”

Últimas notícias -

Oministro da Educação, Abraham Weintraub, disse nesta segunda-feira (06/04) que só pedirá desculpas pela publicação em que atacou a China caso o país venda mil respiradores a preço de custo.

Em meio à pandemia do novo coronavírus, Weintraub postou o tuíte nesse sábado (04/04). A mensagem traz o personagem Cebolinha, da Turma da Mônica, na Muralha da China. “Geopoliticamente, quem podeLá saiL foLtalecido, em teLmos Lelativos, dessa cLise mundial?”, escreveu o titular do MEC.

“Foi uma brincadeira leve em cima de uma indignação”, destacou o ministro, em conversa com o jornalista José Luiz Datena, na Rádio Bandeirantes. A mensagem foi apagada e não aparece mais no perfil oficial de Weintraub.

Segundo Weintraub, os chineses estão ganhando dinheiro com a vida de brasileiros. O ministro da Educação disse que a China segurou informações sobre a doença para vender mais respiradores, por exemplo.

Em nota, a Embaixada da China no Brasil acusou nesta segunda-feira (06/04) o titular da Educação de fazer declarações difamatórias e associar o país asiático à origem da Covid-19.


Fonte: Com Agências