Jornal Tijucas - Quatro secretários pegam covid-19, mas Crivella diz que não se infectou

Quatro secretários pegam covid-19, mas Crivella diz que não se infectou

Últimas notícias -

 
Crivella aparece em vídeo usando máscara de proteção - Reprodução/Facebook
 
Crivella aparece em vídeo usando máscara de proteçãoImagem: Reprodução/Facebook

Exames realizados pela Prefeitura do Rio de Janeiro mostram que três secretários municipais próximos ao prefeito da cidade, Marcelo Crivella (Republicanos), foram contaminados pelo coronavírus. A secretária de Assistência Social, Tia Ju, o secretário de Educação, Adolfo Konder e a ex-secretária de Educação Talma Suane estão com covid-19 —Suane se desligou hoje do cargo, já que pretende se candidatar nas eleições desse ano, mas integrava o gabinete de crise montado por Crivella.

De acordo com a Prefeitura, no entanto, Crivella não contraiu a doença. Todos os integrantes do secretariado foram submetidos ao exame na última terça-feira (31), depois de a secretária de Saúde, Beatriz Busch ter tido resultado positivo para o novo coronavírus. O subsecretário de Saúde Jorge Darze também foi infectado. Todos os citados estão isolados.

Apesar de recomendar isolamento à população, Crivella tem mantido o ritmo das suas agendas públicas e atendido jornalistas presencialmente.

Hoje mesmo, o prefeito pretendia receber o presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), na capital fluminense, onde visitariam o hospital de campanha montado na zona oeste da cidade. O encontro não aconteceu, já que Bolsonaro cancelou a viagem sem dar explicações.

Em mais de uma ocasião, o prefeito foi questionado quanto ao porquê das aglomerações e divisão de um único microfone. Em reuniões com o seu secretariado, ele também chegou a ouvir críticas quanto às medidas adequadas de higiene. Todos os secretários contaminados pelo coronavírus se reuniam diariamente com Crivella.

Em nota, a Prefeitura informou que "o prefeito está tomando todos os cuidados recomendados pelos especialistas em Saúde, como lavar as mãos constantemente com água e sabão e usar álcool em gel. Ele também faz o uso de máscara quando necessário e passou a trabalhar a maior parte do tempo de sua residência".


Fonte: Com Agências