Jornal Tijucas - Coronavírus entrará em fase de aceleração descontrolada, diz Ministério

Coronavírus entrará em fase de aceleração descontrolada, diz Ministério

Últimas notícias -

 

Rio Grande do Sul registrou a primeira morte nesta quarta (1) pelo Covid-19 (Foto: RODOLFO BUHRER/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDO)

O Ministério da Saúde divulgou neste sábado (04) um documento que alerta sobre a nova fase da pandemia de coronavírus que assola o mundo. Segundo o órgão, o COVID-19 pode estar em transição para uma aceleração descontrolada em algumas regiões do país.

O Ministério incluiu na lista São Paulo, o local com mais casos e mortes até agora, Rio de Janeiro, Ceará, Amazonas e o Distrito Federal. A listagem foi feita de acordo com a relação do número de doentes e o total de habitantes de cada lugar.

A orientação é que as medidas de isolamento social implementadas pelos estados devem continuar para que a situação dos hospitais e postos de saúde não se agrave ainda mais.

De acordo com o Ministério, faltam profissionais de saúde para o manejo de equipamentos de ventilação mecânica, fisioterapia respiratório e cuidados avançados de enfermagem direcionados para o manejo clínico de pacientes graves de COVID-19, além de leitos de UTI e de internação que não estão devidamente estruturados e nem contam com o número suficiente de unidades para a fase mais agravante da pandemia.

Esta segunda fase da proliferação do vírus é definida como a mais grave de quatro estágios. Na sequência, é prevista a fase de desaceleração e, por fim, a fase de controle.

Até o momento, apontado como primeira fase, foram registrados 359 óbitos e 9.056 casos confirmados da doença no Brasil.

A expectativa é que assim que o suprimento de equipamentos e equipes de saúde estejam disponíveis em quantidade suficiente e segura para a população, a transição para a estratégia de distanciamento social seletivo seja colocada em prática.

 

 


Fonte: Com Agências