Jornal Tijucas - Olheiro do tráfico tem prisão preventiva decretada em Florianópolis

Olheiro do tráfico tem prisão preventiva decretada em Florianópolis

Últimas notícias -

Um homem teve a prisão preventiva decretada em audiência de custódia realizada na manhã de sábado (8). Ele foi acusado pelo crime de colaboração como informante para o tráfico de drogas, previsto no artigo 37 da Lei 11.3434/06. O acusado foi flagrado na noite anterior na posse de um radiocomunicador e foguetes nas imediações de um ponto de venda de drogas no morro da Mariquinha, na área central de Florianópolis.


Radiocomunicador como este foi encontrado junto ao acusado durante o flagrante policial 

A abordagem foi feita pela equipe de policiais que fazia patrulha pela região quando o grupo viu o cidadão com os equipamentos em um local considerado característico para a função de olheiro, uma vez que aquele ponto tem uma vista privilegiada para o morro e seus principais acessos.

Junto com o homem, a equipe de policias foram até a “biqueira”, local onde ocorre a venda de entorpecentes, e lá encontraram uma balança de precisão, folha com anotações sobre o tráfico de drogas e uma sacola com R$ 2.188 em dinheiro.

Condenações anteriores

Ao homologar o flagrante, o juiz Rafael Brünning justificou o fato por entendê-la “imprescindível” para a garantia da ordem pública. Sua condição de morador de rua e desempregado contribuiu para a decisão do magistrado. Ele tem condenações anteriores por furto e roubo, na modalidade tentada, e extorsão, ambas em fase de execução; e também responde a processo criminal pela prática, em tese, dos crimes de tráfico de drogas, associação ao tráfico e posse irregular de arma de fogo.


Fonte: Com Agências