Jornal Tijucas - Ladrões arrombam Museu Casa de Anita, em Laguna

Ladrões arrombam Museu Casa de Anita, em Laguna

Últimas notícias -

O Museu Casa de Anita, localizado em Laguna, no Sul do Estado, teve a porta dos fundos arrombada na madrugada desta terça-feira (11). Os ladrões utilizaram um pé de cabra para abrir a porta e levaram apenas o dinheiro do caixa, cuja quantia não foi revelada.

 

Casa típica colonial luso brasileira de 1711 onde estão expostos painéis com a saga de Anita Garibaldi, em Laguna – Foto: Fundação Lagunense de Cultura/Divulgação

De acordo com a presidente da Fundação Lagunense de Cultura, Mirella Honorato, eram apenas alguns trocados. O museu não possui câmeras e estava sem serviço de vigilância noturna. Como a arrecadação da visitação não é suficiente para cobrir os custos com vigilância, recentemente foram instaladas cercas e grades de segurança com cadeados e dispensada a vigilância.

A presidente da Fundação informou que registrou boletim de ocorrência, junto à Polícia Militar. Segundo Mirella, uma série de furtos vem ocorrendo na região do Centro Histórico nas últimas semanas e um veículo teria sido roubado em uma das ruas do bairro.

“Agora contratamos um vigilante de forma emergencial, que será custeado pela Fundação. Mas estamos analisando a possibilidade financeira de instalar câmeras com algum tipo de monitoramento e alarmes”, afirma Mirella.

Museu Casa de Anita

O museu Casa de Anita funciona em uma casa típica colonial luso-brasileira construída por volta de 1711. No local, estão expostos painéis com a saga de Anita (nascimento, casamento, batalhas, amor por Giuseppe Garibaldi e sua família), pinturas feitas por artistas catarinenses, uma máquina de costura onde o vestido de noiva dela foi feito, instrumentos de navegação, entre outros objetos.

Um retrato da heroína que teria sido pintado no Uruguai também faz parte do acervo, além de fotos de seus descendentes.

No pátio, tem o projeto “uma rosa para Anita”, iniciativa do museu e Biblioteca Renzi, de San Giovanni in Galilea. Lá, foi desenvolvida uma muda de rosa nomeada Anita Garibaldi. Essa muda foi trazida para Laguna em 2019.

Anita viveu na Vila em 1839, onde durante a República Juliana conheceu o companheiro Giuseppe, com quem ficou por 10 anos. Morou no Uruguai e na Itália, sua última morada, e teve cinco filhos. Faleceu em 1849, em Ravenna, na Itália.

O edifício que sedia a Casa de Anita Garibaldi é uma das primeiras edificações em alvenaria construída na atual Praça Vidal Ramos. A residência pertencia a Anacleto Mendes Braga, que confeccionava vestidos de noivas. Anita, entretanto, não viveu ali. Ela morou em uma pequena casa na rua Fernando Machado, no centro de Laguna.


Fonte: Com Agências